Homenageados

Prêmio Odebrecht para o Desenvolvimento Sustentável
Construção de oficinas-escola em bambu e a transferência do conhecimento no desenvolvimento de produtos em bambu com vistas à inclusão social

Construção de oficinas-escola em bambu e a transferência do conhecimento no desenvolvimento de produtos em bambu com vistas à inclusão social

  • Integrantes:

    Guilherme Carrijo de Souza
    Orientador: Marco Antonio dos Reis Pereira
    Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – UNESP

Resumo do Projeto

Com o crescente desmatamento e pressão sobre as florestas tropicais, bem como sobre as áreas de reflorestamento, torna-se cada vez mais necessária a busca por materiais renováveis e soluções alternativas capazes de atenuar em parte este processo.

Desse modo, pode-se encontrar na madeira do bambu a possibilidade de amenizar o impacto da ação do homem sobre a natureza no futuro. O bambu é uma cultura predominantemente tropical, renovável, perene, de produção anual, de rápido crescimento, com centenas de espécies espalhadas pelo planeta e milhares de aplicações.

Além de ser um rápido sequestrador de carbono atmosférico, possui características físicas e mecânicas que o tornam apto a ser utilizado no desenvolvimento de produtos normalmente produzidos com madeira nativa ou de reflorestamento. O projeto propõe a construção de uma oficina-escola à base de bambu, mostrando a viabilidade do material e, ao mesmo tempo, estimulando e promovendo a geração de conhecimento e tecnologia com a matéria-prima bambu para um desenvolvimento sustentável.

Espera-se possibilitar a difusão e a transferência da tecnologia gerada na confecção de produtos em bambu, tanto na forma artesanal como processada, para a comunidade acadêmica e desta para a sociedade em geral, no sentido de promover a inclusão social. Inclusão aqui prevista como educação e participação, por meio de cursos, palestras e atividades práticas a serem desenvolvidas de modo a possibilitar a difusão da tecnologia até então retida nas universidades.

O crescimento econômico das classes mais necessitadas pode ser estimulado, fortalecendo o tripé social, econômico e ambiental do desenvolvimento sustentável em todas as suas formas.