Homenageados

Prêmio Odebrecht para o Desenvolvimento Sustentável
Gerenciamento de resíduos da construção civil em obras de construção de edifícios

Gerenciamento de resíduos da construção civil em obras de construção de edifícios

  • Integrantes:

    Thalita Cristina Rodrigues Silva
    Orientador: Alexandre Duarte Gusmão
    Universidade de Pernambuco – UPE

Resumo do Projeto

Ao longo dos anos, a Construção Civil tem passado por grandes avanços tecnológicos, facilitando os serviços executados e proporcionando agilidade em sua execução. Esta modernização, contudo, não tem sido acompanhada de atitudes que protejam o meio ambiente. Inúmeros impactos ambientais são gerados, como o esgotamento de recursos naturais e o consumo de grande quantidade de energia, além da grande geração RCC (Resíduos da Construção Civil), os quais, quando depositados incorretamente, podem provocar a poluição do solo e da água.

A destinação inadequada dos RCC propicia ainda assoreamento de rios, o entupimento de bueiros e o surgimento de vetores causadores de doenças. Por conta disso, entrou em vigor a Resolução 307 do CONAMA – Conselho Nacional do Meio Ambiente (2002), que determinou a não-geração, a redução e a reciclagem do RCC.

Diante desse cenário, este trabalho apresenta um estudo realizado em 13 canteiros de obras na Região Metropolitana o Recife (RMR)-PE, onde foram implantados sistemas de coleta seletiva. Durante o projeto, foram realizados treinamentos dos funcionários, assim como aplicados check-lists mensais, a fim de medir o grau evolutivo dos canteiros.

Critérios de limpeza, segregação inicial e final e destinação dos resíduos foram avaliados. Destaca-se que, com a coleta seletiva, o canteiro torna-se mais organizado, e seguro para todos, além de facilitar a reutilização do resíduo no próprio canteiro para uso em aterros ou fabricação de pré-moldados de concreto, como espaçadores e blocos “mestrados”.